Como fazer Inscrição no Jovem Aprendiz Banco do Brasil?

Como fazer Inscrição no Jovem Aprendiz Banco do Brasil Como fazer Inscrição no Jovem Aprendiz Banco do Brasil
ATENÇÃO! Antes de Fazer sua Inscrição é Necessário Compartilhar!

Como fazer inscrição no Jovem Aprendiz Banco do Brasil. Esta é uma dúvida dos jovens, que muitas das vezes acham informações desencontradas. Listamos abaixo as informações necessárias.

Como fazer Inscrição no Jovem Aprendiz Banco do Brasil?

O Jovem Aprendiz é contratado na modalidade indireta por meio de Entidades Sem Fins Lucrativos (ESFL) validadas pelo Ministério do Trabalho.

Antes de Fazer sua Inscrição no Jovem Aprendiz Banco do Brasil, verifique se você gosta dos benefícios e Salários do Jovem Aprendiz Banco do Brasil oferecidos e se farias as atividades do Jovem Aprendiz Banco do Brasil 2017.

A seleção dos aprendizes será efetuada pelas entidades assistenciais, sem a interferência do Banco. O vínculo empregatício também se estabelecerá com a entidade e não com o Banco do Brasil.

Jovem Aprendiz deverá cadastrar-se junto a alguma entidade sem fins lucrativos parceira do Banco do Brasil, que desenvolva ações sociais com adolescentes e jovens em sua cidade/bairro/comunidade.

 

Como fazer Inscrição no Jovem Aprendiz Banco do Brasil

Como fazer Inscrição no Jovem Aprendiz Banco do Brasil

O CIEE é uma das entidades parceiras que mais realiza contratação de Aprendizes para o Banco do Brasil.

Para obter informações sobre as Entidades conveniadas, o interessado deverá procurar informar-se, na sua região ou município, junto às associações de classes, comunitárias e/ou direto em entidades filantrópicas que assistam jovens.

Como uma Entidade pode ser parceira do Jovem Aprendiz Banco do Brasil

A Entidade Assistencial deverá estar capacitada a fornecer a aprendizagem teórica e atender aos seguintes pré-requisitos:

  1. a) estar inscrita no Cadastro Nacional da Aprendizagem do Ministério do Trabalho e Emprego-MTE;
  2. b) estar validada junto ao MTE na metodologia dos Arcos Ocupacionais, conforme Portaria MTE 723 (23/04/2012) e alterações subsequentes;
  3. A Entidade deve estar validada no Arco Ocupacional “Setor Bancário Adolescente Serviços Administrativos (14 a 18 anos)”- (nomenclatura constante do anexo I da Portaria 723 do MTE) ou “Setor Bancário Jovem Serviços Administrativos (18 a 24 anos)” para o caso de contratação de jovens aprendizes.
  4. c) dispor de Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social – CEBAS emitido pelo Ministério da Previdência e Assistência Social;
  5. d) estar regularmente registrada no Conselho Municipal e/ou Estadual de Defesa da Criança e do Adolescente – CMDCA;
  6. e) situação regular comprovada junto ao INSS, FGTS, Dívida Ativa da União e órgãos fazendários federais, estaduais e municipais;
  7. f) comprometimento no desenvolvimento do programa de aprendizagem em conjunto com o Banco.

As entidades interessadas deverão procurar a Agência mais próxima para apresentar interesse na formalização de convênio.

ATENÇÃO! Antes de Fazer sua Inscrição é Necessário Compartilhar!